Pages Menu
Categories Menu

Posted on 18 Mar, 2013 in Grão Magistério, Ordem do Santo Sepulcro

O Grande Magistério Visita as obras do Patriarcado

O Grande Magistério Visita as obras do Patriarcado

Gd magistere articleDe 7 a 11 de Março de 2013, a Comissão para a Terra Santa do Grande Magistério da Ordem de Cavalaria do Santo Sepulcro deslocou-se à Terra Santa para visitar os diferentes projectos do Patriarcado latino que ela apoia, acompanhada pelo Padre Humam Khzouz, administrador geral do Patriarcado.

Da nova igreja de Aqaba ao convento das irmãs de Sweifieh passando pela Universidade de Madaba, a comissão da Terra Santa constituída por três membros: Dra. Cristha von Siemens, pelo Prof. Thomas Mc. Kiernam e o Dr. Whelam visitaram durante quatro dias uma dezena de projectos apoiados pelo Grande Magistério da Ordem de Cavalaria do Santo Sepulcro. A Dra. Von Siemens, Presidente da Comissão, confessou-se “muito impressionada pela qualidade dos trabalhos e dos seus acabamentos”.

Da escolha de um projecto até à sua finalização.

“Regularmente, explica a Dra. von Siemens, nós vimos à Terra Santa para apreciar a necessidade dos projectos propostos pelo Patriarcado latino”. Uma vez estudados os projectos, os dossiers detalhados são então apresentados ao Grande Magistério, que depois de uma análise, toma a decisão de apoiar tal ou tal projecto, segundo as prioridades do Patriarcado. Seguem-se então os relatórios precisos e as visitas regulares para acompanhar o andamento dos trabalhos, guiados pelo Padre Human Khzouz, administrador geral do Patriarcado latino. Duas vezes por ano, os membros da Comissão do Grande Magistério vão ao local para visitar os projectos financiados pela Ordem: futuros trabalhos, a decorrer ou já terminados.

Esta semana, os visitantes concentraram-se na Jordânia. Entre os trabalhos recentemente terminados, a comissão não esconde estar encantada pela beleza muito pura da nova Igreja de Stella Maris em Aqaba, inaugurada a 14 do passado mês de Dezembro. Sentiram-se também muito emocionados quando da missa paroquial de Domingo, 10 de Março, vendo as famílias e os jovens casais entrarem na igreja. A dra. von Siemens disse ter ficado especialmente tocada por esta visita que foi uma ocasião de “sentir o cristianismo vivo que aqui existe”. Na véspera, o grupo tinha visitado um outro projecto acabado há alguns meses, o novo vicariato de Amã, na companhia de Mgr. Lahham, vigário patriarcal na Jordânia. A comissão visitou igualmente várias casas paroquiais e conventos recentemente restaurados com o apoio dos Cavaleiros e Damas do Santo Sepulcro como o de Rusayef, de Misdar, de Hasshimi ou ainda o convento das irmãs do Rosário em Sweifieh.

Entre os projectos que decorrem, um dos mais importantes foi sem dúvida o da visita à Universidade Americana de Madaba que a comissão conhece bem por o seguir desde já há alguns anos. Mas pela primeira vez, nesta segunda-feira 11 de Março, o grupo pode ver a universidade em funcionamento, com os estudantes. A presidente da comissão não escondeu ter ficado marcada “pela abordagem muito fácil” que se nota nas relações entre os cerca de 850 alunos de diferentes nacionalidades e religiões. Mais ao Norte, o grupo visitou o lugar de Wahadreh (construção de uma nova residência paroquial) que acaba de arrancar e deverá estar concluída até ao fim do Verão.

De seguida, a Comissão dirigiu-se para Fuheis, não muito longe dali, para visitarem um lugar que será objecto de um futuro projecto de 2013. Daqui a alguns meses, terão início os trabalhos com vista ao completo restauro da casa do pároco.

Reconhecimentos

No fim, uma dezena de lugares terão sido visitados durante alguns dias; imagem de uma Igreja da Terra Santa cujas pedras sobrevivem e se embelezam ao longo dos meses graças ao contínuo apoio do Grande Magistério. A Dra.von Siemens mais uma vez emocionada pelos encontros destes últimos dias com os cristãos da Terra Santa concluía a sua estada com estas palavras “nós, não orientais, devemos estar muito reconhecidos aos cristãos locais pela sua presença na Terra Santa”. Um reconhecimento que o Padre Humam Khzouz, que conduziu os membros da Comissão pelas diferentes obras, exprime em nome do Patriarcado ao Grande Magistério “sem o qual estes restauros não podiam ser considerados”, desejando também o pronto restabelecimento do Dr. Michael Whelam que teve de se ausentar por razões de saúde.

Amélie de La Hougue

Gd magistère album