Pages Menu
Categories Menu

Posted on 6 Apr, 2016 in Diocese, Noticias da diocese, Slide, Solenidades, Vida litúrgica

Nazaré convida todo o mundo a ser feliz

Nazaré convida todo o mundo a ser feliz

NAZARÉ – Domingo, 3 de Abril de 2016, S. B. Mons. Fouad Twal, Patriarca latino de Jerusalém, presidiu às primeiras Vésperas da missa de domingo, na cidade onde o verbo se fez carne.

O Patriarca entrou solenemente na Basílica da Anunciação no sábado, 2 de Abril, acompanhado por um cortejo de escuteiros, de peregrinos e de religiosos, desde o oratório de Santo António até às portas da Igreja onde as primeiras vésperas foram cantadas.

A missa da Misericórdia foi celebrada no dia seguinte na Basílica na presença de Mons. Giacinto Boullos-Marcuzzo, Vigário Patriarcal em Israel, Mons. Kamal Bathish, Vigário Patriarcal Emérito, numerosos padres e fiéis locais. Um grupo de 190 jovens italianos estava igualmente presente acompanhando o grupo musical “The Sun” dirigido pelo Padre Mario Dogwood.

Na sua homilia, o Patriarca convidou a assembleia a rezar pelo mundo: “depois das festas da Páscoa supliquemos a Jesus, que venceu o pecado e a morte, para mudar as mentalidades dos povos e dos dirigentes que apoiam os grupos terroristas (…) para que os reféns e os prisioneiros sejam libertados, no respeito da sua dignidade, no respeito dos seus direitos e do caracter sagrado da vida humana”. Mons. Fouad Twal dirigiu-se em seguida directamente à cidade de Nazaré; esta festa da Anunciação é uma festa da cidade de Nazaré e de todos os seus habitantes quer sejam cristãos ou muçulmanos. A Anunciação é uma fonte de alegria para o mundo inteiro e eu lanço um apelo a esta cidade para que os laços sociais continuem fortes entre os seus habitantes para que permaneçam unidos nos melhores momentos e nas piores situações”.

Fazendo eco do capítulo 12 da carta de São Paulo aos romanos, o Patriarca sublinhou, por fim, as qualidades profundas que devem caracterizar os cristãos, sobretudo os de Nazaré: “Bendizei os que vos perseguem: bendizei-os não os amaldiçoeis. Alegrai-vos com os que se alegram e chorai com os que choram, não vos preocupeis com as grandezas, mas entregai-vos ao que é humilde; não vos julgueis sábios por vós próprios. Não pagueis a ninguém o mal com o mal; interessai-vos pelo que é bom diante de todos os homens. Interessai-vos pelo que é bom diante de Deus, diante de todos os homens. Tanto quanto possível, e se de vós depender, vivei em paz com todos os homens. Não vos vigueis por vós próprios, caríssimos, mas deixai que seja Deus a castigar pois está escrito: é a Mim que compete punir. Eu é que hei-de retribuir, diz o Senhor. Em vez disso, se o teu inimigo tiver fome dá-lhe de comer, se tiver sede dá-lhe de beber porque se assim o fizerdes poreis na sua cabeça carvões em brasa. Não vos deixeis vencer pelo mal, mas vence o mal pelo bem”.

Depois da missa a festa continuou o adro da basílica com a habitual troca de ideias.

Andres Bergamini
Fotografia LPJ/Andres Bergamini

DSC_0020.JPGDSC_0030.JPGDSC_0035.JPGDSC_0038.JPGDSC_0042.JPGDSC_0048.JPGDSC_0049.JPGDSC_0062.JPGDSC_0068.JPGDSC_0076.JPGDSC_0081.JPGDSC_0084.JPGDSC_0089.JPGDSC_0098.JPGDSC_0103.JPGDSC_0105.JPGDSC_0110.JPGDSC_0114.JPGDSC_0117.JPGDSC_0119.JPGDSC_0125.JPG

DSC_0141.JPGDSC_0143.JPGDSC_0171.JPGDSC_0193.JPGDSC_0195.JPGDSC_0199.JPGDSC_0207.JPGDSC_0221.JPGDSC_0230.JPGDSC_0235.JPGDSC_0241.JPGDSC_0247.JPGDSC_0251.JPGDSC_0252.JPGDSC_0255.JPGDSC_0262.JPGDSC_0269.JPGDSC_0265.JPGDSC_0271.JPGDSC_0275.JPGDSC_0287.JPGDSC_0294.JPGDSC_0305.JPGDSC_0307.JPGDSC_0308.JPGDSC_0316.JPGDSC_0320.JPGDSC_0336.JPG